04/09/2013

A Blackberry voltou, mas será que ela tem folêgo para continuar na luta contra Samsung, Motorola, Apple e outras?

Por: Felipe Baudouin


Fonte
A Blackberry lançou a nova linha de smartphones da empresa com um novo sistema operacional, o Blackberry 10 (Z10 e Q10), e viveu o maior comeback da história dos telefones celulares. Mas após a euforia inicial típica de todos os lançamentos de um smartphones (algo comparável ao concurso Miss Brasil de antigamente), o futuro da empresa está na corda bamba. Dessa vez é: ou vai ou racha. 

Com uma tela 4.2 polegadas, resolução de 1280 x 768, processador dual-core de 1.5GHz, 2GB de RAM e 16GB de armazenamento interno, o telefone entrou para a liga de gigantes como o Nokia Lumia 920, o Samsung Galaxy S3 e o iPhone 5.

Mas quais são os prós e os contras? No que se refere ao design, o Blackberry Z10 lembra um pouco o iPhone 5, só que mais quadrado, pelo menos na parte da frente. A parte traseira é mais arredondada e abriga uma excelente câmera de 8MP com flash LED, uma das melhores características do aparelho, e a capa é facilmente removível. 

A tela é a primeira tela dos smartphones da empresa inteiramente touchscreen e é consideravelmente menor do que a tela do Samsung Galaxy 4S, mas a resolução de 1280x768 confere à câmera a maior densidade de pixels entre todos os smartphones mencionados anteriormente, com exceção do Samsung Galaxy 4S. A desvantagem é a falta do revestimento oleofóbico que faz com que a tela fique repleta de marcas de dedos rapidamente. 


BlackBerry Z10 (Fonte)
A velocidade de navegação na web é rápida, conforme a empresa disse que seria antes do lançamento, mas o lado ruim é a capacidade de armazenamento. Apenas modelos de 16GB foram lançados até agora. Embora o cartão de memória MicroSD suporte cartões de até 64GB, somente o sistema operacional usa 4GB, isso antes mesmo de você baixar qualquer aplicativo ou tirar algumas fotos. E por falar em aplicativos, a ausência dos mais populares é seguramente a maior desvantagem e pode vir a ser a rajada de vento que fará a corda bamba balançar.

Mesmo com 70.000 aplicativos à disposição dos usuários, a ausência de aplicativos extremamente populares, como o Instagram e o Google Maps (não nos esqueçamos que a Apple foi obrigada a enfiar o rabinho entre as pernas e trazê-lo de volta depois de uma péssima repercussão causada pelo banimento temporário do Google Maps de sua plataforma e que até a Beyoncé publica fotos suas no Instagram) pode ser motivo de uma tremenda enxaqueca para a empresa e até mesmo selar o seu destino de uma vez por todas.

Para terminar, o peso. Embora o Blackberry Z10 se encaixe perfeitamente na palma da mão, ao contrário do Samsung Galaxy 4S que se parece mais com um colchão do que com um smartphone, ele é um bujãozinho. Embora não seja tão pesado quanto o Lumia 820 e o Lumia 920, os hipopótamos dentre os smartphones, ele ainda precisa fazer uma bela dieta para chegar aos níveis de magreza do iPhone 5 e do esquelético Galaxy 4S. 


***

Felipe Baudouin é morador de Londres (Reino Unido), estudante de ciências políticas e jornalismo na Westminster University, além de um amante da tecnologia e celulares.

{ 1 comentários.... read them below or add one }

- Copyright © Segredos da Informática - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -