23/06/2009

Na segunda parte dessa série, irei mostrar qual a verdadeira utilidade do disco rígido. Fiquem atentos, pois ele é uma peça fundamental para a saúde de um computador.
Disco? Duro? Existem discos dentro do meu computador? Como eles funcionam? Na verdade, você tem mais de um disco rígido dentro do seu computador. Abaixo, explicarei como eles funcionam.
Disco rígido, HD (Nos EUA, HDD) ou Winchester - todos são nomes derivados de disco rígido. É a parte do computador onde os dados são armazenados. Exatamente, isso significa que suas imagens, fotos, vídeos, documentos e o próprio sistema operacional estão gravados no disco rígido.



Na primeira parte, aprendemos que a memória RAM só armazena dados enquanto o computador está ligado. Então, precisa-se de um lugar para gravar os dados, para que quando desligarmos o computador, nossos dados não sejam perdidos. E quando a memória RAM acaba, o sistema operacional usa parte do disco rígido para armazenar alguns dados temporários.
Como funciona um disco rígido? Funciona mais ou menos como uma vitrola. Você coloca o disco de vinil na vitrola, posiciona a agulha e a música começa a tocar. Num disco rígido, funciona quase da mesma maneira, exceto algumas coisas: A velocidade (uma vitrola gira um disco a até 78 rotações por minuto, já um disco rígido tem rotações de até 10.000 vezes por minuto); a agulha (o disco rígido possui discos e agulhas, mas as agulhas são magnéticas e não entram em contato com a superfície do disco rígido) e o método de escrita (um disco rígido lê e grava informações quase simultâneamente.)
Quando ligamos o computador, o disco rígido é ligado. Demora até 10 segundos para que ele atinja uma velocidade adequada. Depois disso, o microprograma procura um sistema operacional na primeira trilha do disco rígido, e a partir daí, o sistema operacional toma conta e inicia os programas, carregando-os na memória RAM. Quando você dá dois cliques num programa, ele é carregado do disco rígido para a memória RAM. Quando você salva um documento do Word e o fecha, os dados passam da memória RAM para o disco rígido. Assim, nada é perdido quando se desliga o computador. Ou seja, os dados passam da memória RAM para as agulhas magnéticas do disco rígido, que se encarregam de fazer a escrita nos discos. Quando você abre um documento salvo, o processo ocorre ao contrário.
E o que são os sistemas de arquivo? São as formas de um sistema operacional organizar e gravar dados nos discos rígidos. Alguns sistemas de arquivos tem vantagens sobre os outros (desempenho, criptografia, etc). Os sistemas de arquivos mais usados são o NTFS (para Windows NT/2000/XP/Vista), FAT32 (para Windows 95/98/ME) e ext4/ext3 (para Linux).
E porque formatar o disco rígido? O disco rígido, depois de um certo tempo de uso, fica com desempenho afetado, pela instalação e desinstalação de programas que deixam para trás vários arquivos e chaves de registro, deixando o computador com um desempenho fraco. Ou ainda, o próprio sistema grava os arquivos em pequenos pedaços (setores) em várias partes, depois ficando lento quando precisar usar o arquivo novamente. Quando ele é formatado, tudo é apagado (inclusive o sistema operacional). Daí o sistema operacional é reinstalado para receber novos dados. Ou seja, todos os arquivos desnecessários são removidos. Alguns programas fazem a limpeza do disco rígido e desfragmentação, evitando a formatação do computador.
E qual é a capacidade dos discos rígidos? Atualmente a capacidade dos discos rígidos é medida por gigabytes (GB) e terabytes (TB) em máquinas mais avançadas. Para saber a capacidade dos seus discos rígidos, basta ir em Meu computador, clicar com o botão direito em Disco local e clicar em Propriedades. Lá serão exibidas as informações referentes ao tamanho e espaço utilizado e livre dos seus discos rígidos.

Os discos rígidos são ligados à placa-mãe por um cabo. Usam-se cabos IDE (mais largos e cinza) e cabos SATA (vermelhos e curtos). Os discos rígidos que usam SATA são melhores e mais velozes.
Posso trocar meu disco rígido? Perfeitamente. Pode manter até quatro discos rígidos funcionando simultâneamente, dependendo da capacidade do computador. Consulte um técnico, e ele lhe indicará o modelo correto para seu computador. Atualmente, o preço de um disco rígido varia de acordo com sua capacidade, mas modelos para computadores domésticos variam de R$ 120 a R$ 300.

Bom, nesse artigo tu aprendeu um pouco sobre os discos rígidos e a sua utilidade. No próximo artigo, você aprenderá um pouco sobre a unidade de CD/DVD e como ela funciona por dentro. E como os CDs e DVDs ainda tem força frente aos pendrives. Se você está usando esses artigos para aprender, volte para ler a parte 3!
Veja todas as outras partes da série de artigos.

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Segredos da Informática - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -