Autor: Rodrigo Justi de Oliveira 13/07/09

Muitos nem sabem para que serve, mas ela tem ainda mais uma função - aumentar o desempenho do seu computador. Vejamos como ela funciona.
Memória Cache é uma memória de acesso rápido. Ela é uma memória intermediária entre a memória RAM e o processador. Com essa memória, o processador não precisa ficar acessando muito a memória RAM - o que pode ser lento - e os dados são armazenados nessa pequena memória. Os discos rígidos também possuem uma pequena memória cache para acelerar a transmissão de dados. Ou seja, a memória cache é uma memória de altíssima velocidade e temporária onde os dados freqüêntemente acessados são guardados para um acesso rápido. Pra você ter uma idéia: Se desabilitarmos as memórias cache de um sistema, ele pode ter um desempenho de até 80% inferior ao normal! (Isso pode chegar a 95% em casos particulares).
Foi-se percebida a necessidade de se instalar a memória cache quando viu-se que os componentes (disco rígido e memória) não conseguiam alcançar a velocidade do processador. A memória cache é tão rápida que consegue alcançar a velocidade do processador.



Geralmente, seu computador terá duas memórias cache: A Cache L1 e a Cache L2. A L1 está inserida dentro do processador. Como essa é uma memória menor e não conseguiram colocar mais memória nela, inventaram a L2. Esta tem um tamanho bem maior de memória e quebra o galho do processador caso ele seja antigo. Ou seja, quanto mais memória, mais estável e rápido poderá se tornar um sistema. A L2 geralmente está instalada na placa-mãe e pode chegar até 12 MB. Algumas placas possuem um terceiro cache (L3), mas é raro.
O tempo de acesso, o custo e o tamanho da memória definem os melhores chips de memória cache.
Quando você compra um processador, ele vem com as informações de Cache. Fique atento principalmente se for um processador mais antigo, pois elas definirão o desempenho final.
Antigamente, a memória cache era expansível através de um módulo COAST (Cache On A STick). A maioria das placas-mãe de 386 e similares tinha um slot para expansão de cache. Atualmente, as placas-mãe não permitem esse processo.
Não é viável comprar um chip de memória cache, já que eles podem custar até mais de R$ 5.000,00. E os computadores mais novos não tem suporte à adição de memória cache. Portanto fique atento ao comprar um computador novo.
Uma pequena quantidade de memória pode fazer a diferença, não? Na próxima parte, veja onde todos esses dispositivos são conectados.
Veja todas as outras partes da série de artigos.

{ 2 comentários.... read them below or Comment }

  1. Juliana Sousa30/03/2013 11:24:00

    Gostei do post, muito bem explicado.

    http://maio97.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Juliana!

    Obrigado pelo comentário, sempre ajuda o blog a crescer.

    Obrigado!

    ResponderExcluir

- Copyright © Segredos da Informática - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -